Inicio do Blog Confira nossas entrevistas Matérias Relacionadas a RAP Break Dance

terça-feira, 1 de julho de 2008

Entrevista: Suspeitos 1.2 Mcs

Hip-Hop AL - Primeiramente porque suspeito 1.2?

S 1.2 MC’s: Desde quando a gente deu o nome de suspeito 1.2 pro grupo o povo pergunta...Por que suspeito 1,2?Muita gente pensa, ahh deve ser 2 mc’s então são dois suspeitos, outros já pensam, ahh os cara faz apologia a maconha, da 1,2 na bola, mais o significado não é esse.O nome suspeito 1,2 surgiu depois que o grupo todo foi abordado violentamente por um “grupinho” policial de Correntina q fica no extremo Oeste baiano, que pelo poder da farda dado a eles, se acham no direito de chegar batendo sem motivo e razão.O 1,2 significa na gíria do rap algo sagaz (ligeiro), e na noite do enquadro, o tal “grupinho” policial nos abordou jogando todos nossos pertences no chão, identidade, dinheiro, boné, carteira e etc, e no final do enquadro eles fizeram uma contagem regressiva pra gente sumir da frente deles, o “capitãozinho” quando começou a contagem no 1...2...ele num viu mais ninguém, a rapa já tinha dobrado a esquina correndo...Daí a gente ficou conhecido na cidade como, “aê véi se é suspeito é 1...2... corre vagabundo”.

Hip-Hop AL - De onde vcs são?

S 1.2 MC’s: O grupo reside atualmente em Salvador/BA.
...
Binho: Nasci em Correntina extremo oeste baiano e moro em Salvador há 1 ano e 2 meses.
;;;;
Fabão: Salvador

Hip-Hop AL - Quem são os componentes e desde quando existe o grupo?

S 1.2 MC’S: A formação atual é de Binho(Letra e voz), Fabão(Letra e voz) e DJ Dymenor.O grupo ta na caminhada desde 2003.A antiga formação era Binho, Charles, Bob, Enid, Katdog, HD e William.

Hip-Hop AL - Como se formou o grupo?

S 1.2 MC’S: A idéia de formar o grupo surgiu nos role, quando a rapa improvisava rimas nas ruas da cidade (Correntina) Interior da Bahia durante as seções de street, aê resolvemos começar a gravar as rima numas fita k-7 num quartinho nos fundo da casa de Bob.A primeira musica nossa foi a Suspeito até morrer, composição de Binho e Charles, e a primeira apresentação foi no dia 20 de novembro de 2003 na cidade de Santa Maria da Vitória, pra um público estimado em 4.000 pessoas.

Hip-Hop AL - Como vcs definem o Rap que vcs fazem?

Binho: Pô véi, o nosso som muitos cara intitula gangsta por a gente falar muito do crime ta ligado, já outros comentam “ pô mano o som é loko, tem um estilo bate cabeça com uma levada nervosa” mas sinceramente num gosto de limitar nosso estilo ta ligado, se os cara pergunta qual o estilo, eu respondo, véi é underground-gangstar, pois prefiro não limitar. Muitas vezes falo de crime, outras vezes falo das desigualdades, em alguns sons relato momentos de dificuldade pessoais mesmo, em outros já expresso revolta contra os próprios mc’s (Xerox) e a indústria fonográfica que nunca dá a devida atenção que o RAP em geral merece. Então o RAP tem várias vertentes nêgo, tem os parceiros que misturam a embolada do repente, uma parada bem regional mermo, já tem os que preferem a parada mais eletrônica, com beats e samplers, já pra nois a musicalidade é o que interessa.(mais nem todas, pois pra toda regra há exceção).

Hip-Hop AL - Qual a influencia do rap em suas vidas?

Binho: A influência é totalmente positiva, no rap consegui me expressar de uma forma que nunca antes me expressei, palavras, gestos, atitudes. Desde quando comecei a curtir rap, isso la na 6º série, comecei a enxergar as coisa de um modo mais crítico e ao mesmo tempo esperançoso, pois é isso que o RAP me passa, se eu tenho o dom de passar uma mensagem de protesto com o intuito de obter algo melhor lá na frente então eu vou seguir com isso até o fim, pois faço com amor, mas não busco as melhoras só por mim, pois eu creio que tenho uma missão, tal como um pastor guia suas ovelhas, nóis temos o objetivo de guiar quem nos escuta e quem ta na linha de frente com a gente. Mas como dizem uns parceiros nossos “ O rap não salva ninguém, pois só Jesus pode te salvar”, então, RAP pra mim significa União, Amizade, Prosperidade, Dignidade e Amor...

Hip-Hop AL - Como está o cenário rap e HH em geral na BA?

S 1.2 MC’S: O cenário do rap e hip hop baiano, só tende a crescer véi, muito grupo bom surgindo cada vez mais, de break, grafite e rap. Em muitas partes do estado podemos ver a evolução constante dos cara, as vezes me pego ouvindo um som e penso, “caraio que produção loka, rima consciente e inteligente” quando eu vejo, ó de onde são os maluco, hehe, pode crer que é da Bahia. Mais não somente na Bahia, em todo o nordeste, “ da ponta da Bahia até o fim do Maranhão” vejo que os parceiros tão se esforçando, mostrando que não é somente no eixo São Paulo e Rio que prevalece no cenário.
Num poderia deixar de falar do Norte também né, muito grupo bom por lá pode crer. Só uma coisa que nos deixa indignado com o movimento na Bahia, especialmente em Salvador, muitos grupos por estarem há mais tempo na caminhada se julgam os melhores, aí você já viu né, rola discussão, desavença e desunião, e com isso véi, acaba surgindo as descaradas panelinhas dos bam bam bam que por terem maiores contatos ou mais credibilidade nos eventos, esquecem de dar a merecida oportunidade de quem ta iniciando na caminhada.

Hip-Hop AL - Vocês tem um cd entitulado suspeito até morrer, comentem sobre o CD.

S 1.2 MC’S: Esse cd ai veio com intuito só de divulgar o som do grupo mesmo, a gente ta na gravação dessa demo ai desde 2003 véi, mó correria pra gravar os sons, muitas vezes a gente fazia os corre atrás de um patrô pra tentar gravar uma única música mas dava tudo errado.Agora no final de 2007 que a gente gravou as ultimas musicas da demo, que foram a Coisa de doido e Não sou artista, que nelas somaram com nóis os parceiros da nossa banca. Muitos sons sem a qualidade de estúdio, gravado na garra e na marra mesmo, essa foi nossa primeira produção. Tamo agora ai nos corre de gravar um novo cd, dessa vez com produção total do suspeito 1.2, com bases nossas, e participações de grupos de rap de vários estados do País.

Hip-Hop AL - Quais são as suas influencias musicais?

Binho: Pô minhas influências vem dos mais antigos CDs de MPB e Reggae até os mais novos Rapers.Curto muito 2 pac, nwa, wu tang clan, ice t, eminem, the game, de La gueto, Caetano Veloso, Chico Buarque, bob Marley, Peter tosh, mosiah, ponto de equilíbrio, Edson Gomes, racionais, mv Bill, rzo, snj, trilha sonora do gueto, gog, liberdade condicional, facção central, a286, e rapers locais aqui do nordeste.

Fabão: Realidade Cruel, 2 pac, wu tang clan, DMX, dr. Dree, jay-z, fat joe, Racionais Mc's, Dbs e a Quadrilha, Face da Morte, De Menos Crime, DMN,Conciência Humana, Sabotage, Faccção Central, SNJ, MV Bill, Ndee Naldinho, Atitude Feminina, Criolo Doido, Dexter, 509-E, GOG, Sistema Negro, Codigo Fatal, Visão de Rua, 9 Milimetros, APC 16, Expressão Ativa, RZO, Raciocínio Engatilhado, Banca E.B.S.Salvador: Realidade Sangrenta, Suspeito 1.2 Mcs, Depoimento criminal,3x4, R.B.F.S.A.N, PJC, Velório Negro, Tiro certo, Conexão Negra MC’s, OMF, Relatos do Beirú, Pivô do kaos, Etnia, Gotico, ORdem 387, Verbo de mALANDRO, cIDADE rAP, 157 Nervoso, Atitude Diferenciada, Exilado pelo Sistema, C.P.S, Proverbio Final, Aliados RV, Conceito Negro, Expresso Rima

Hip-Hop AL - Quanto a questão drogas/tráfico/crime que no Brasil inteiro destrói a Juventude, pra vocês qual a solução?

S 1.2 MC’S: Com certeza não são as soluções que os políticos tanto planejam que irão acabar com isso.Combater o crime com repressão não é a solução, nessas guerras anônimas que ocorrem diariamente em todo o país, muitos os que acordam cedo e que voltam tarde pra casa depois de um dia inteiro de trabalho acabam sendo mortos e dando ibope pra um jornal sensacionalista com decoração de puteiro. Um jovem loiro de olhos azuis de classe média alta morre na zona sul do rio de janeiro, noticiários do Brasil inteiro e até estrangeiros se sentem comovidos, mais no outro lado da moeda, diariamente centenas de negros, pobres, favelados ou periféricos são executados cruelmente, vitimas da violência rotineira.Uma realidade bem próxima aqui de nois, é Salvador, cidade com o maior percentual de jovens negros depois da África, onde em 4 meses mais de 600 homicidos foram contabilizados e em que quase 90% dos casos os alvos foram jovens negros e de periferias, podemos dizer que estamos sendo alvos de extermínio, genocídio, judeus em aushwitz?A verdade é que só vemos represálias contra a favela, não vemos nenhum investimento educacional e nem lazer pras comunidades, pra condições cada vez mais precárias, bandidos cada vez mais sanguinários, só que somente enxergam isso quando o parente de alguém importante morre assassinado ou volta pra casa sem o pedaço da orelha...qual a solução pra violência???concerteza nossos governantes não sabem.O que podemos fazer, é sonhar bem acordado com a paz, olhando pra esquerda e pra direita, não se envolver, fazer o certo e honrar nossa família.

Hip-Hop AL - Qual objetivo do grupo?

S 1.2 MC’S: Não é ter fama, nem ganhar dinheiro, claro que se um dia isso acontecer, será a conseqüência de um trabalho valorizado.Viemos ai pra mostrar nosso trampo, representar nosso glorioso e sofrido nordeste, mostrar que aqui também tem voz, atitude e competência de fazer o bagulho.Nossa missão é informar, alertar, protestar, criticar, e rimar.Suspeito 1.2, nascido do nada com um único objetivo...crescer...representar...sempre na humildade.

Hip-Hop AL - considerações finais...

Binho: Agradecimentos primorosos ao glorioso Senhor nosso DEUS, todos os meus familiares, amigos e a quem sempre me incentivou e que acredita em meu sonho, sem citar nomes pois num quero desmerecer ninguém, todos são importantes na minha caminhada...salve a todos os lugares que passei de GO até Alagoas, a todos os parceiros presentes na comunidade do Orkut, e pra quem acredita no Suspeito 1.2...Fazemos o som por vocês, tamujunto, lado a lado e muito obrigado rapa....
Fabio.:Agradecendo primeiramente a Deus, a todos os parceiros lado a lado,a minha família mesmo sem me apoiar no rap,a todos os amigos..

Hip-Hop AL - Deixem um salve...

S 1.2 MC’S: A todos do movimento, aos verdadeiros, que fazem pelo certo...a todas a favelas e periferias do Brasil, aos grupos que tão nos corre sempre acreditando no sonho de todo raper...a minha Bahia, meu Nordeste, meu interior e ao meu povo sofrido.
.........

***********

Contatos:
.......
Site oficial - http://www.suspeito12mcs.tk/ (em construção)
.....
.....
.....
*bandas de garagem(Download) - www.bandasdegaragem.com.br/suspeito12mcs
.....
....
....

6 comentários:

Anônimo disse...

ta muito loko essa entrevista pode acreditar um axe salve de negro davi conceito negro salvador bahia
www.myspace.com/conceitonegro

negrodavidorap@hotmail.com

Anônimo disse...

mutio bom ter aqui na bahia um grupo de rap como o suspeito 1,2 mc's

bruno disse...

é nós a JUnÇÂO

Anônimo disse...

Suspeito até morrer !!!

Anônimo disse...

valeu rapaziada!!!

além de curti muito o som do suspeito 1,2 mc's tôrço muito por vcs...

"lombra eterna"...


Joana!!

Anônimo disse...

aew aqui é o juninho designer aew mano um salve pru cs....
junior_designer17@hotmail.com